Portal do Governo do Estado de São Paulo

 

Conhecimento de Transporte Eletrônico de Cargas - CT-e

Finalidade: alteração da sistemática atual de emissão dos documentos fiscais referentes ao transporte de carga, por Conhecimento de Transporte Eletrônico com validade jurídica para todos os fins.


ATENDIMENTO DE DÚVIDAS:


Fale Conosco Exclusivo do CT-e (respostas em horário comercial) - informe sua Inscrição Estadual Paulista e selecione o assunto específico.

Central de Atendimento 0800 170 110 (Não atende às dúvidas relacionadas à interpretação da Legislação Tributária)

E-mail sobre indisponibilidade do sistema CT-e de SP (24x7):
cte_indisponibilidade@fazenda.sp.gov.br

Informamos que, a partir de 01/01/2017, o emissor gratuito do CT-e (versão 2.0) será descontinuado e a versão 3.0 não será desenvolvida. A partir dessa data não será mais possível fazer download do aplicativo, porém os usuários que tiverem o aplicativo instalado em seus computadores poderão continuar utilizando-o até que novas atualizações das regras de validação do CTe impeçam o seu correto funcionamento. Sendo assim, recomendamos que os usuários busquem outras soluções disponíveis no mercado ou o desenvolvimento próprio.

Total de CT-e emitidos em São Paulo (atualizado até 24/06/2016, às 01:00:00): 769.744.050

 

  • Destaques (Atualizado em 02/09/2014)

    - Conclusão do cronograma de obrigatoriedade de emissão do MDF-e

    Em 01/10/2014 inicia-se a obrigatoriedade de emissão do MDF-e para o contribuinte do ICMS:

    - Emitente de Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e, modelo 57, não optante pelo regime do Simples Nacional, no transporte intermunicipal de cargas fracionadas, assim entendida a que corresponde a mais de um CT-e;

    - Emitente de Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e, modelo 57, optante pelo regime do Simples Nacional, no transporte interestadual e intermunicipal de cargas fracionadas;

    - Emitente de Nota Fiscal Eletrônica - NF-e, modelo 55, optante pelo regime do Simples Nacional, no transporte interestadual de bens e mercadorias acobertadas por mais de uma NF-e, realizado em veículos próprios ou arrendados pelo contribuinte emitente das Notas Fiscais Eletrônicas, ou mediante contratação de transportador autônomo de cargas.

    - Início de obrigatoriedade de emissão do CT-e em substituição ao CTMC

    Em 03/11/2014 inicia-se a obrigatoriedade de emissão do CT-e, nas prestações de serviços de transporte de carga intermunicipais e interestaduais, em substituição ao Conhecimento de Transporte Multimodal de Cargas - CTMC, modelo 26.

    - Disponível o Manual de Orientações do Contribuinte - Versão 2.00a, de janeiro/2014 (PDF) (Novo!)

    - Disponível o Manual de Orientações do Contribuinte - DACTE - Versão 1.0.1, de janeiro/2014 (PDF) (Novo!)

  • Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo - Av. Rangel Pestana, 300 - São Paulo - SP  |  01.017-911  |  PABX (11) 3243-3400
    Política de Privacidade   |   Termo de Uso   |   Mapa do Site